quinta-feira, 18 de outubro de 2018

42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - O filme russo "Verão" é um deleite sonoro e visual


A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo que inicia-se hoje na capital paulista é um deleite para o público de todos os gostos. A seleção está composta por 336 títulos, de diferentes partes do mundo e, um dos selecionados é o russo "Verão" (2018), do diretor Kirill Serebrennikov (O estudante), que concorreu à Palma de Ouro em Cannes. Baseado em eventos reais, a narrativa com um deslumbre de fotografia em preto e branco, retrata a cidade de Leningrado, durante o verão de 1980, especificamente no nicho de jovens envolvidos com o rock underground. 

Nesse ambiente controverso à reestruturação econômica da Perestroika, encontra-se o casal Mike (Roman Bilyk) e Natasha (Irina Starshenbaum) envoltos com a busca de vivenciar todas as nuances da música ao lado do grupo de amigos, mesmo que isso signifique ser cautelosos em relações às letras e nas performances. Por sua vez, o aparecimento de Viktor Tsoï (Teo Yoo), um jovem inquieto à procura de se estabelecer no cenário musical, desperta em Mike um sentimento de paternidade, de querer ajudar e, em Natasha, um desejo adormecido formando um triângulo amoroso.

Em meio aos concertos, encontros e trocas, os três expõem para o público o poço sem fundo da censura e uma vontade de se rebelar contra esse sistema. Se tudo é proibido, se para tudo precisa-se pedir autorização, o único lugar para se ver livre é através da imaginação e, em diversas cenas, o filme enaltece essa ânsia coletiva. Como por exemplo, na sequencia em que o grupo de amigos encontra-se dentro do metrô e um deles é retirado por policiais por ter opiniões contrárias ao governo, nesse momento entoa a canção "Psycho killer", do Talking Heads, lembrando um videoclipe e uma tentativa de ter um final diferente para a realidade. 

Em todo desenrolar da narrativa é possível identificar como pano de fundo a presença do autoritarismo, de militares, da censura e, mesmo assim, o lirismo musical se sobressaindo a toda essa conjuntura. A embriaguez estética e sonora é um presente para os olhos e ouvidos do público. 

Vale lembrar que o cineasta Kirill Serebrennikov encontra-se em prisão domiciliar desde 2017, sob acusação de desvio de dinheiro público e, por esse motivo, não teve permissão para deixar o país para apresentar o filme no Festival de Cannes, em maio desse ano. 

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do filme "Verão". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss

Datas e Horários: 
18/10 (quinta-feira) - 16h40 - Reserva Cultural
19/10 (sexta-feira) - 19h30 - Cinesala
21/10 (domingo) - 17h20 - Espaço Itaú de Cinema Frei Frei Caneca 
28/10 (domingo) - 19h20 - Reserva Cultural



Ficha técnica: 

Verão (Leto)
Rússia, 2018
Direção: Kirill Serebrennikov
Roteiro: Mikhail Idov, Lili Idova, Kirill Serebrennikov
Produção: Pavel Burya, Georgy Chumburidze
Fotografia: Vladislav Opelyants
Montagem: Yuri Karikh
Elenco: Teo Yoo, Irina Starshenbaum, Roman Bilyk 

Nenhum comentário:

Postar um comentário