segunda-feira, 29 de outubro de 2018

42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - "Em chamas" tece com cuidado e maestria o terreno escorregadio entre real e imaginário


O diretor sul-coreano Lee Chang-dong (Poesia), que iniciou sua carreira no cinema nos anos 1990, provoca em seu novo filme "Em chamas" (2018), um olhar ativo e atento do espectador frente a teia de nuances entre o real e o imaginário, expostos por meio de uma narrativa concentrada em um triângulo amoroso. O longa-metragem representante da Coreia do Sul na corrida ao Oscar 2019 na categoria Melhor Filme Estrangeiro, é baseado no conto "Queimar celeiros", do escritor japonês Haruki Murakami

A história inicia-se com o reencontro de dois colegas de vizinhança o jovem Jongsu (Yoo Ah-In) e a garota Haemi (Jun Jong-Seo), mesmo com pouca intimidade a última pede para que ele cuide de seu gato enquanto estiver viajando pela África. No retorno da viagem, Haemi volta acompanhada de Ben (Yeun Steven), um homem um pouco mais velho que ela que ostenta uma qualidade de vida de alto padrão financeiro, mas sem dizer ao certo no que realmente trabalha. 

Logo, os três personagens começam a desfrutarem de momentos juntos, ao ponto de Ben confessar um estranho hobby para Jongsu. A revelação impacta na rotina de Jongsu, impulsionando-o em um labirinto de mistérios. 

O roteiro construído de forma crescente o pulsar das tensões, revela as dicotomias existentes nesta sociedade, seja entre podre versus rico, realidade versus fantasia, ou Coreia do Sul versus Coreia do Norte. Vale destacar que a história é ambientada na cidade de Panju, local próximo da área desmilitarizada entre os dois países.

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do filme "Em chamas". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss

Datas e horários
29/10 (segunda-feira) - 21h00 - Espaço Itaú de Cinema Pompéia
31/10 (quarta-feira) - 14h00 - Cinearte Petrobras 


Ficha técnica: 

"Em chamas" (Boening) 
Coreia do Sul, 2018
Direção: Lee Chang-Dong
Roteiro: Oh Jung-Mi, Lee Chang-Dong
Produção: Lee Joon-Dong, Lee Chang-Dong
Fotografia: Hong Kyung-Pyo 
Montagem: Hyun Kim, Da-Won Kim
Elenco: Yoo Ah-In, Jun Jong-Seo, Yeun Steven

domingo, 21 de outubro de 2018

42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - O filme brasileiro "Temporada" contempla a jornada de transformações de uma pessoa comum


O filme brasileiro "Temporada" (2018), do realizador André Novais Oliveira (Ela volta na quinta), que logrou o troféu Candango, em Brasília, nas categorias Melhor Filme, Melhor Atriz para Gracê Passô, Melhor Ator Coadjuvante para Russo Apr, Melhor Fotografia para Wilsa Esser e Melhor Direção de Arte para Diogo Hayashi, integra a programação da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

A história situada na periferia de Contagem, Minas Gerais, se destina a observar com carinho a personagem Juliana (Gracê Passô), quando esta muda-se para a cidade por causa de um novo trabalho. Nesse ambiente desconhecido, a protagonista se depara com experiências singulares que irão afetar a sua jornada e converter-se em combustível para transformações.

Com um ritmo lento, o público é conduzido nas caminhadas diárias de Juliana para realização do trabalho como agente de prevenção da dengue, nos diálogos conflituosos com o marido feitos por telefone, na tentativa de mobiliar um novo lar e na construção de novas amizades, algo inédito para personagem. Um recorte aparentemente simples sobre a rotina de uma mulher comum, mas que nas entrelinhas esconde um emaranhado de emoções.

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do filme "Temporada". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss


Datas e horários: 
21/10 (domingo) - 21h10 - Reserva Cultural
22/10 (segunda-feira) - 15h40 - Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca
30/10 (terça-feira) - 14h00 - Cinesala




Ficha técnica: 

Temporada ( Temporada)
Brasil, 2018
Direção: André Novais Oliveira
Roteiro: André Novais Oliveira
Produção: Thiago Macedo Correia
Fotografia: Wilssa Esser
Montagem: Gabriel Martins
Elenco: Grace Passô, Russo Apr, Rejane Faria, Helio Ricardo, Ju Abreu, Renato Novaes

O filme ganhador da Palma de Ouro "Assunto de família" é destaque na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo


A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo exibe hoje um dos longas-metragens de maior destaque da programação, o filme japonês "Assunto de família" (2018), do diretor Hirozaku Kore-eda (Pais e Filhos; Depois da tempestade), ganhador da Palma de Ouro esse ano. Como o próprio título já evidencia, a família é a matéria-prima para o desenrolar de toda narrativa tanto na construção das relações afetivas, no enfrentamento das dificuldades financeiras ou como fardo. 

A família em questão é composta pela senhora Hatsue Shibato (Kirin Kiki), Osamu Shibata (Lily Frankly), Shota Shibata (Kairi Jyo), Aki Shibata (Mayu Matsuoka) e Nobuyo Shibata (Sakura Ando). Todos dividem a mesma morada, um pequeno apartamento bagunçado e cercado de acúmulo de coisas, onde fazem as refeições juntos, trocam afetos e dormem sem nenhum tipo de privacidade. Pelo acaso da vida, Osamu e Shota após cometerem um furto em um supermercado deparam-se com a frágil e solitária Yuri (Miyu Sasaki), uma garotinha com marcas de agressão no corpo. Os dois a levam para casa, e, logo, ela é acolhida por todos os membros da família. 

Mesmo com mais uma boca para alimentar, os Shibata aparentam viverem felizes contornando o problema de dinheiro através de pequenos delitos e afeto. No entanto, um incidente envolvendo Shota e Yuri possibilita a revelação de segredos inimagináveis dessa família. 

Hirozaku Kore-eda que também assina o roteiro, mais uma vez retorna com a jornada de pessoas comuns, que nesse caso são nutridos pela potência transformadora do amor, independente de laços familiares ou não. Esse combustível meio em desuso nos dias atuais, possibilita a construção de uma história aparentemente corriqueira, sem nada demais, para no final deixar o público estarrecido, como se tivesse levado um soco no estômago. 

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do filme "Assunto de família". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss

Datas e Horários:
21/10 (domingo) - 17h45 - Cinesala
26/10 (sexta-feira) - 18h40 - CineSesc
27/10 (sábado) - 16h00 - Reserva Cultural



Ficha técnica: 

Assunto de família (Manbiki Kazoku)
Japão, 2018
Direção: Hirozaku Kore-eda
Roteiro: Hirozaku Kore-eda
Produção: Kaoru Matsuzaki, Akihiko Yose, Hijiri Taguchi
Montagem: Hirozaku Kore-eda
Elenco: Lily Franky, Sakura Ando, Mayu Matsuoka, Kirin Kiki, Kairi Jyo 

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

42ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo - O documentário "Garotos que gostam de garotas" expõe a busca em desconstruir padrões masculinos violentos na Índia


O documentário "Garotos que gostam de garotas" (2018), da diretora Inka Achte, integra a programação da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo com quatro sessões ao total durante o evento. A narrativa é centrada na figura do adolescente Ved, na periferia de Mumbai, quando se junta em um projeto destinado a desconstruir padrões masculinos violentos referentes ao modo de se relacionarem com as mulheres. 

O grupo de meninos é liderado por Harish, um homem de meia idade, gentil e atencioso, que além de buscar ajuda financeira para instituição também tenta estimular os jovens a se capacitarem. No caso de Ved, o estimulo vem através da dança, uma demonstração artística que o ajuda a lidar com um pai abusivo e controlador dentro de casa. 

Em um universo praticamente de figuras masculinas, a diretora transita entre o passado com homens violentos representado pelo pai de Ved e, a possibilidade de um futuro diferente para esses jovens por meio do diálogo e da transmissão para uma masculinidade sadia, sem envolver abusos físicos ou psicológicos sobre as mulheres. 

Lembrando que em 2012, em Nova Déli, ocorreu o fatídico caso de estupro coletivo de uma jovem de 23 anos dentro de um ônibus, onde fora estuprada por passageiros por quase uma hora, espancada com barras de metal e jogada pela janela com o veículo em movimento. O caso que chocou o mundo, repercutiu em vários protestos ao redor da Índia e na implementação de algumas leis em defesa da mulher.

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do documentário "Garotos que gostam de garotas". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss

Datas e horários
19/10 (sexta-feira) - 21h50 - Espaço Itaú de Cinema Augusta
20/10 (sábado) - 19h50 - Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca
30/10 (terça-feira) - 20h45 - MIS Museu de Imagem e Som
31/10 (quarta-feira) - 15h15 - Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca 




Ficha técnica: 

Garotos que gostam de garotas (Miehen Malli) 
Finlândia/ Índia/ Noruega, 2018
Direção: Inka Achte 
Roteiro: Inka Achte
Produção: Liisa Karpo
Fotografia: Sari Aaltonen, Riju Das, Malini Dasari, Jayanth Mathavan 
Montagem: Livia Serpa

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - O filme russo "Verão" é um deleite sonoro e visual


A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo que inicia-se hoje na capital paulista é um deleite para o público de todos os gostos. A seleção está composta por 336 títulos, de diferentes partes do mundo e, um dos selecionados é o russo "Verão" (2018), do diretor Kirill Serebrennikov (O estudante), que concorreu à Palma de Ouro em Cannes. Baseado em eventos reais, a narrativa com um deslumbre de fotografia em preto e branco, retrata a cidade de Leningrado, durante o verão de 1980, especificamente no nicho de jovens envolvidos com o rock underground. 

Nesse ambiente controverso à reestruturação econômica da Perestroika, encontra-se o casal Mike (Roman Bilyk) e Natasha (Irina Starshenbaum) envoltos com a busca de vivenciar todas as nuances da música ao lado do grupo de amigos, mesmo que isso signifique ser cautelosos em relações às letras e nas performances. Por sua vez, o aparecimento de Viktor Tsoï (Teo Yoo), um jovem inquieto à procura de se estabelecer no cenário musical, desperta em Mike um sentimento de paternidade, de querer ajudar e, em Natasha, um desejo adormecido formando um triângulo amoroso.

Em meio aos concertos, encontros e trocas, os três expõem para o público o poço sem fundo da censura e uma vontade de se rebelar contra esse sistema. Se tudo é proibido, se para tudo precisa-se pedir autorização, o único lugar para se ver livre é através da imaginação e, em diversas cenas, o filme enaltece essa ânsia coletiva. Como por exemplo, na sequencia em que o grupo de amigos encontra-se dentro do metrô e um deles é retirado por policiais por ter opiniões contrárias ao governo, nesse momento entoa a canção "Psycho killer", do Talking Heads, lembrando um videoclipe e uma tentativa de ter um final diferente para a realidade. 

Em todo desenrolar da narrativa é possível identificar como pano de fundo a presença do autoritarismo, de militares, da censura e, mesmo assim, o lirismo musical se sobressaindo a toda essa conjuntura. A embriaguez estética e sonora é um presente para os olhos e ouvidos do público. 

Vale lembrar que o cineasta Kirill Serebrennikov encontra-se em prisão domiciliar desde 2017, sob acusação de desvio de dinheiro público e, por esse motivo, não teve permissão para deixar o país para apresentar o filme no Festival de Cannes, em maio desse ano. 

Segue abaixo as datas, horários e lugares de exibição do filme "Verão". A 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 18 a 31 de outubro. Para maiores informações acesse o site 42 Mostra
CineBliss

Datas e Horários: 
18/10 (quinta-feira) - 16h40 - Reserva Cultural
19/10 (sexta-feira) - 19h30 - Cinesala
21/10 (domingo) - 17h20 - Espaço Itaú de Cinema Frei Frei Caneca 
28/10 (domingo) - 19h20 - Reserva Cultural



Ficha técnica: 

Verão (Leto)
Rússia, 2018
Direção: Kirill Serebrennikov
Roteiro: Mikhail Idov, Lili Idova, Kirill Serebrennikov
Produção: Pavel Burya, Georgy Chumburidze
Fotografia: Vladislav Opelyants
Montagem: Yuri Karikh
Elenco: Teo Yoo, Irina Starshenbaum, Roman Bilyk 

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

CineBliss marca presença na coletiva de imprensa de lançamento da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo


O blog CineBliss participou no último sábado (06) da coletiva de imprensa de lançamento da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre os dias 18 a 31 de outubro, na capital paulista em mais de 30 espaços, entre cinemas, museus e locais culturais. A coletiva contou com a participação da organizadora do evento Renata de Almeida, do Secretário Municipal de Cultura de São Paulo André Sturm, da Gerente de Ação Cultural do Sesc Rosana Paulo da Cunha, dos representante da Petrobras Rodrigo Diullas, do Itáu Claudiney Ferreira, da CPFL Mario Mazzilli e do Diretor-presidente da Spcine Mauricio Andrade de Ramos

Durante a coletiva de imprensa foram destacados os filmes "A favorita", de Yorgos Lanthimos, vencedor do Grande Prêmio Especial do Júri, selecionado para abrir o evento no dia 17 de outubro, em sessão para convidados no Auditório Ibirapuera; o título mexicano "Roma", de Alfonso Cuáron, que logrou o troféu Leão de Ouro no Festival de Veneza e encerra a programação no dia 31 de outubro. Outros destaques da seleção de títulos da 42ª Mostra são para: "Não me toque", da romena Adina Pintilie vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, o cingapuriano "Uma terra imaginada", de Siew Hua Yeo, que logrou o Leopardo de Ouro no Festival de Locarno, "A casa que Jack construiu", de Lars von Trier, o brasileiro "O grande circo místico", de Cacá Diegues, o polonês "Guerra Fria", de Pawel Pawlikowski, o sul-coreano "Em chamas", de Chang-Dong Lee, o libanês "Capernaum", de Nadine Labaki, o dinamarquês "Culpa", de Gustav Moller, "Infiltrado na Klan", do americano Spike Lee, entre outros.

O prêmio Leon Cakoff desta edição é para o cineasta iraniano Jafar Panahi, cuja obra recente "3 faces", vencedor de Melhor Roteiro no Festival de Cannes, integra a programação. Já o Prêmio Humanidade homenageará duas pessoas: o cineasta japonês Hirokazu Kore-eda, que também terá seu novo trabalho "Assunto de família" vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes este ano, compondo a seleção de títulos, e, ao brasileiro Drauzio Varella - não cineasta, mas um produtor de imagens - que participará  da mesa Da Vida à Palavra; Da Palavra à Imagem, no II Fórum Mostra. O centenário do líder sul-africano Nelson Mandela será celebrada com a exibição de quatro títulos, entre eles o inédito "O estado contra Mandela e os outros", de Gilles Porte e Nicolas Champeaux.

A 42ª Mostra ainda vai apresentar várias sessões especiais entre elas, os 20 anos de "Central do Brasil", de Walter Salles que contará com a participação do diretor e elenco principal; "O bandido da luz vermelha", de Rogério Sganzerla, e, "O bravo guerreiro", de Gustavo Dahl, ambos com seus 50 anos de lançamento, além de "Feliz Ano Velho", de Roberto Gervitz que completa 30 anos. 

As produções da América Latina também farão parte do evento com 30 títulos selecionados, incluindo dois filmes do premiado cineasta argentino Fernando Solanas com "La hora de Los Hornos" e o inédito "Viaje a los pueblos fumigados. Para conferir a programação completa da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é só acessar o site: 42Mostra
CineBliss