segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Considerações sobre a maratona #UmFilmeporDia do CineBlissEK


Durante o mês de agosto o blog CineBlissEK propôs assistir um filme por dia, foram 31 dias e um total de 24 filmes de vários gêneros e nacionalidades. O resultado final, por mais que não tenha atingido 31 obras cinematográficas como esperado, causa alegria de dever cumprido, pois o entusiasmo em rever um filme antigo ou conferir uma história inédita fora prazeroso e gratificante. Em algumas ocasiões houve dificuldade de tempo para assistir uma obra cinematográfica, no entanto a determinação de realizar o projeto foi maior.

Os filmes foram selecionados de forma aleatória, simplesmente deixando-se levar pela intuição em testemunhar através das imagens uma narrativa. Houve a oportunidade de rever dois longas metragens de décadas passadas nas telonas, "A doce vida" (1960) do diretor italiano Federico Fellini e "Os intocáveis" (1987) de Brian De Palma. Também constou na lista filmes de 1980 que fizeram parte da sessão da tarde da pessoa que escreve este blog, como "Curtindo a vida adoidado" (1986) e "Clube dos cinco" (1985) ambos de John Hughes,  e "Os caça-fantasmas" de 1984 do diretor Ivan Reitman.

O gênero ação apareceu através da trilogia Bourne com o ator Matt Damon nos filmes "A identidade Bourne" (2002), "A supremacia Bourne" (2004) e "O ultimato Bourne" (2007). Claro que não poderia faltar o diretor Woody Allen com "Dirigindo no escuro" (2002) e o mais recente "Homem irracional" (2015) visto numa sessão de pré-estreia. O documentário foi representado pelo premiado "A nostalgia da luz" (2010) de Patricio Guzmán. Já o cinema brasileiro apareceu com "O palhaço" (2011) de Selton Melo e o lançamento de "O último cine drive-in" (2014) de Iberê Carvalho.

Esses foram apenas alguns exemplos desse apanhado de filmes que fizeram parte dessa jornada tão rica e transformadora para o CineBlissEK. A sensação pós maratona é de renovação pela sétima arte no sentido de uma paixão ainda maior pelo cinema, e também de entusiasmo em ter a oportunidade de compartilhar desse momento cinematográfico com cada um que contribuiu com dicas, sugestões, críticas ou curtidas. Segue a lista completa dos filmes vistos ou se preferir acesse Letterboxd ou Facebook.com/cineblissek e confira.

  1. Bem-vindo aos 40 (Judd Apatow, 2012)
  2. Cabo do medo (Martin Scorsese, 1991)
  3. A identidade Bourne (Doug Liman, 2002)
  4. A supremacia Bourne (Paul Greengrass, 2004)
  5. Samba (Eric Toledano e Olivier Nakache, 2014)
  6. Japão (Carlos Reygadas, 2002)
  7. A nostalgia da luz (Patricio Guzmán, 2010)
  8. Aloha (Cameron Crowe, 2015)
  9. Dirigindo no escuro (Woody Allen, 2002)
  10. O ultimato Bourne (Paul Greengrass, 2007)
  11. Clube dos cinco (John Hughes, 1985)
  12. Curtindo a vida adoidado (John Hughes, 1986)
  13. Os caça-fantasmas (Ivan Reitman, 1984)
  14. Quatro casamentos e um funeral (Mike Newell, 1994)
  15. O palhaço (Selton Melo, 2011)
  16. A doce vida (Federico Fellini, 1960)
  17. Ninho vazio (Daniel Burman, 2008)
  18. Questão de Honra (Rob Reiner, 1992)
  19. Homem irracional (Woody Allen, 2015)
  20. O pecado mora ao lado (Billy Wilder, 1955)
  21. Os últimos passos de um homem (Tim Robbins, 1995)
  22. Frances Ha (Noah Baumbach, 2012)
  23. O último cine drive-in (Iberê Carvalho, 2014)
  24. Os intocáveis (Brian De Palma, 1987)

Nenhum comentário:

Postar um comentário