segunda-feira, 4 de maio de 2015

Os melhores filmes de mafiosos de Hollywood


Quando a figura do cowboy dos filmes de western deixam de ser preferidos pelo público a partir da década de 1960, eis que Hollywood surge com uma outra personagem que além de ser o herói carrega também o peso de ser criminoso. Essa mistura de papéis de bandidos com mocinhos gera a figura do mafioso, indivíduo geralmente imigrante que se aventura em terras americanas em busca de oportunidades. O cinema a partir de então, explora essa personagem e ganha uma das franquias mais famosas, o clássico O poderoso chefão.

A imagem do mafioso junto de sua família preza pela comunhão mas também pela lei da vingança e total domínio de seus territórios, agem contra a lei e não temem em comprar policiais, políticos e jornalistas para que o crime não seja descoberto. Defendem seus interesses pessoais com violência, mas acima de tudo querem a união da família, ou seja, ao mesmo tempo em que demonstram o lado sombrio com autoridade também expõem suas fraquezas e inseguranças.

Para homenagear essas personagens foras da lei e queridas do universo cinematográfico, o CineBlissEK escolhe os cinco melhores filmes de mafiosos que marcaram a história do cinema mundial e até hoje são admirados pelo público. 


O poderoso chefão (I, II e III)
(The godfather - I, II, and III), 1972, 1974 e 1990
Direção: Francis Ford Coppola


O filme dividido em três partes narra desde a imigração do menino italiano para América, Vitto Corleone (Robert De Niro - Marlon Brando), a forma como ele entra para o crime organizado, a estruturação da família Corleone nos Estados Unidos, até a transferência de poder de Michael Corlene (Al Pacino) para Vicent (Andy Garcia). O diretor Francis Ford Coppola  leu o livro de mesmo nome do autor Mario Puzzo e só decidiu fazer a adaptação para o cinema quando identificou na história da ascensão da família Corleono elementos semelhantes ao progresso do capitalismo americano.


Os intocáveis
(The untouchables), 1987
Direção: Brian de Palma



A história se passa durante a lei seca nos Estados Unidos da década de 1930 em que o crime organizado conhece apenas um nome, Al Capone (Robert De Niro). Este controla toda máfia e se concentra em Chicago. Para tentar prender esse mafioso a cidade conta com apenas quatro policiais, entre eles o incorruptível Elliot Ness (Kevin Conster) que buscam de todas as formas colocar Al Capone na cadeia, nem que isso envolva perseguições e mortes. Um ótimo filme com escalação de estrelas de Hollywood.


Os bons companheiros
(The goodfellas), 1990
Direção: Martin Scorsese


A trama se baseia na jornada do mafioso Henry Hill (Ray Liotta) desde sua adolescência até a vida adulta e a união com outros companheiros Jimmy (Robert De Niro) e Tommy (Joe Pesci) que juntos desbravam o mundo do crime organizado criando amigos e inimigos, além é claro de construirem fortunas. O filme narra desde a ascensão até a queda dessas personagens.


Cassino
(Casino), 1995
Direção: Martin Scorsese


Nesse filme o crime organizado se concentra em um cassino na cidade de Las Vegas ao qual o  administrador Ace (Robert De Niro) toma conta. Junto com seu amigo mafioso Nicky Santoro (Joe Pesci) e sua mulher infiel Ginger (Sharon Stones) eles constroem uma fortuna, mas pagam o preço por essa forma de enriquecimento ilegal. A violência, traição e mentiras são elementos fundamentais dessa obra cinematográfica.


Scarface  
(Scarface), 1983
Direção: Brian De Palma


A obra cinematográfica baseada no livro de mesmo nome, narra a história do refugiado cubano Tony Montana (Al Pacino) que conquista o mundo do crime com a venda de cocaína na cidade de Miami. Com muitas cenas de violência o filme retrata a maneira como um chefe do crime organizado chega ao poder e se consolida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário