quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Os contos de fadas que marcaram a minha infância



Como muitas crianças nascidas na década de 80 eu fui hipnotizada pelos clássicos desenhos da companhia Walt Disney, cada princesa, príncipe, boneco, sereia fizeram parte da minha infância como se realmente existissem na vida real, a forma como essas histórias se perpetuaram em meu imaginário fora marcante.

As princesas que foram despertas por seus príncipes, o boneco que queria ser de verdade, o peixe à procura de seu filho, a jovem que busca o caminho de volta para casa, contos de fadas que fazem parte do imaginário dos seres humanos e que foram lindamente trazidas as telas de cinema para o desfrute do público.

Mesmo agora adulta quando revejo alguma cena me emociono e sinto a minha criança interior vibrando com as tramas. Em homenagem a essa criança, decidi listar as dez melhores animações da Walt Disney que marcaram a minha trajetória como uma sonhadora dos contos de fadas.


Alice no país das maravilhas (Alice in Wonderland)
Direção: Clyde Geronimi, Hamilton Luske, Wilfred Jackson, 1951



Procurando Nemo (Finding Nemo)
Direção: Andrew Stanton, Lee Unkrich, 2003




A bela adormecida (Sleeping Beauty)
Direção: Clyde Geronimi, 1959




Cinderela (Cinderella)
Direção: Clyde Geronimi, Hamilton Luske, Wilfred Jackson, 1950



A Bela e a Fera (Beauty and the Beast)
Direção: Gary Trousdale, Kirk Wise, 1991



Branca de Neve e os sete anões (Snow White and the Seven Dwarfs)
Direção: David Hand, Larry Moey, Perce Pearce, Walt Disney, Wilfred Jackson,William Cottrell, 1937



Fantasia (Fantasia)
Direção: Bill Roberts, Ford Beebe, James Algar, Samuel Armstrong, 1940



A pequena sereia (The Little Mermaid)
Direção: John Musker, Ron Clements, 1989



O rei leão (The Lion King)
Direção: Robert Minkoff, Roger Allers, 1994

 

Pinóquio (Pinocchio)
Direção: Ben Sharpsteen, Hamilton Luske, 1940

Nenhum comentário:

Postar um comentário